quinta-feira, 11 de julho de 2013

Photos and words/Palavras e imagens







       


               Pedaços soltos

   







De repente sinto o agonizante do medo; o medo do que virá depois, o medo de não haver nada para onde seguir; medo, assustadoramente, medo. Caminho porque a espera é aliada do medo; e esse não o quero por perto. Vou deixando para trás os pedaços de consciência que ainda estão presos em mim: aos poucos vou esquecendo, dispo-me da origem terrena e preparo-me para abraçar uma nova etapa. Perco a noção de tempo e encontro a noção de alma: finalmente entrevejo aquilo que é o melhor de mim – esse fragmento de pura e singela luz, que me vai guiando ao longo desta jornada.


palavras de Susana Costa
foto de Antonio Costa